últimos pedidos

  •  
    Harald, Austria
  •  
    BORIS, Belgium
  •  
    Robert, Canada
  •  
    Pierre, Switzerland
  •  
    Andreas, Germany
  •  
    Laurant, Germany
  •  
    Karsten, Germany
  •  
    Varujan , Germany
  •  
    Fahrettin, Germany
  •  
    Gisa, Germany
  •  
    susanne, Germany
  •  
    Stevan, Germany
  •  
    Lozey, Germany
  •  
    Enrico, Germany
  •  
    Francisco, Spain
  •  
    Yves, France
  •  
    James, France
  •  
    Αλέξανδρος, Greece
  •  
    ROMINA, Italy
  •  
    Carlo, Italy
  •  
    Patricia, Italy
  •  
    monika, Poland
  •  
    Fernando, Portugal
  •  
    Luis Miguel, Portugal
  •  
    Marco, Portugal
  •  
    Sasa, Serbia
  •  
    Mick, Sweden
  •  
    James, Sweden
  •  
    Malin, Sweden
  •  
    Omer Faruk, Turkey

Variedades da Tailândia


Sementes De Arroz Jasmim - Aromático 1.9 - 1

Sementes De Arroz Jasmim -...

Preço 1,90 € (SKU: P 411 BJ)
,
5/ 5
<!DOCTYPE html> <html> <head> <meta http-equiv="Content-Type" content="text/html; charset=UTF-8" /> </head> <body> <h2><strong>Sementes De Arroz Jasmim - Aromático</strong></h2> <h2><span style="color: #fb0202;"><strong>Preço para o pacote de 20 sementes.</strong></span></h2> <p><span>O arroz jasmim (também arroz fragante ou arroz sião) é principalmente plantado no norte da Tailândia, mas também no Laos, no Vietnã e na Itália. </span>É chamado de "arroz perfumado" porque cheira agradavelmente de jasmim enquanto cozinha.</p> <p><span>O arroz (constituído por sete espécies, Oryza barthii, Oryza glaberrima, Oryza latifolia, Oryza longistaminata, Oryza punctata, Oryza rufipogon e Oryza sativa) é uma planta da família das gramíneas que alimenta mais da metade da população humana do mundo. É a terceira maior cultura cerealífera do mundo, apenas ultrapassada pelas de milho e trigo. É rico em hidratos de carbono.</span></p> <p><span>Para poder ser cultivado com sucesso, o arroz necessita de água em abundância, para manter a temperatura ambiente dentro de intervalos adequados, e, nos sistemas tradicionais, de mão-de-obra intensiva. Desenvolve-se bem mesmo em terrenos muito inclinados [carece de fontes] e é costume, nos países do sudeste asiático, encontrarem-se socalcos onde é cultivado. Em qualquer dos casos, a água mantém-se em constante movimento, embora circule a velocidade muito reduzida.</span></p> <p><strong><span>Origem</span></strong></p> <p><span>O arroz é uma das culturas mais importantes a serem domesticadas a nível mundial, sendo a Ásia (Oryza sativa L.), a África (Oryza glaberrima Steud) e a América (Oryza sp.) discutidas como os berço da domesticação.</span></p> <p><strong><span>Ásia</span></strong></p> <p><span>A visão comumente aceita é que o arroz foi cultivado primeiramente na região do vale do Rio Yangtzé na China.[2][3] Estudos morfológicos de fitólitos de arroz no sítio arqueológico Diaotonghuan mostram claramente a transição da coleta de arroz selvagem para o cultivo de arroz plantado. O grande número de fitólitos de arroz silvestre no nível de Diaotonghuan que data de 12.000-11.000 AP indica que a coleta de arroz selvagem fazia parte dos meios locais de subsistência. Mudanças na morfologia de fitólitos de Diaotonghuan datados de 10.000-8.000 AP mostram que o arroz existente por este tempo era cultivado.[4] Logo depois, as duas principais variedades de arroz asiático e arroz japonês foram sendo cultivadas na China Central.[3] No final do 3º milênio a.C., houve uma rápida expansão do cultivo de arroz no território continental do sudeste da Ásia e em direção oeste para a Índia e Nepal.</span></p> <p><span>Em 2003, arqueólogos coreanos afirmaram ter descoberto o mais antigo arroz do mundo cultivado.[5] A época indicada, que remonta há 15 mil anos, desafia a visão aceita de que o cultivo do arroz se originou na China há cerca de 12.000 anos atrás.[5] Estes resultados foram recebidos com forte ceticismo pela comunidade científica,[6] e os resultados e sua divulgação têm sido citados como sendo impulsionados por uma combinação de interesses nacionalistas e regionais.[7] Em 2011, um trabalho conjunto da Universidade de Stanford, da Universidade de Nova York, da Universidade Washington em St. Louis e da Purdue University forneceu a evidência mais forte de que existe apenas uma única origem de arroz cultivado, no Vale do Yangtzé, na China.</span></p> <p><span>No Japão, é cultivado há pelo menos 7 mil anos, o arroz é presença marcante no quotidiano do povo asiático. Em muitas culturas do continente, é comum que uma mãe dê ao recém-nascido alguns grãos de arroz já mastigados, num ritual que significa sua chegada à vida.</span></p> <p><span>Pesquisadores encontraram evidências para a domesticação de arroz selvagem há cerca de 4.000 anos atrás em Monte Castelo, em Rondônia, uma região da Amazônia que também foi provavelmente o berço da domesticação de outras culturas importantes, como mandioca (Manihot esculenta), amendoim (Arachis hypogaea) e pimenta (Capsicum sp.).</span></p> <p><span>No Vietnã, o cereal está tão integrado à alma dos camponeses que muitos fazem questão de ser sepultados nos arrozais. Durante os enterros há farta distribuição de arroz, como muitas festas, cantos e danças. Os Hani do sul do Japão evitam fazer barulho quando estão nos campos, pois crêem que os espíritos dos arrozais se assustam facilmente e, ao fugirem, podem provocar a infertilidade da terra. Desde a época do Japão antigo, jogar arroz em recém-casados é um ato que representa votos de abundância ao novo casal; este costume passou depois ao Ocidente, sendo hoje muito comum em Portugal.</span></p> <p><strong><span>Produção em Portugal</span></strong></p> <p><span>A produção de arroz em Portugal começou a ser documentada nos primeiros anos do século XVIII. Embora se cultivasse muito antes nas regiões do Sul e como herança dos Muçulmanos, só a partir desta data houve registos da presença do cereal nas zonas limítrofes do estuário do Tejo.</span></p> <p><span>Em Portugal, actualmente, a produção de arroz é feita apenas em 5 rios (Mira, Sado, Sorraia, Tejo e Mondego); a cultura mais a norte é impedida pelo frio. A produção de arroz ronda as 1 250 mil toneladas/ano.</span></p> <p><span>Portugal é o maior consumidor de arroz da Europa com valores superiores a 15 kg/capita/ano.</span></p> </body> </html>
P 411 BJ
Sementes De Arroz Jasmim - Aromático 1.9 - 1
Sementes de...

Sementes de...

Preço 1,35 € (SKU: P 472 IA)
,
5/ 5
<!DOCTYPE html> <html> <head> <meta http-equiv="Content-Type" content="text/html; charset=UTF-8" /> </head> <body> <h2><strong>Sementes de espinafre-d'água (Ipomoea aquatica)</strong></h2> <h2><span><strong><span style="color: #ff0000;">Preço para o pacote de 10 sementes.</span><br /></strong></span></h2> <p>Ipomoea aquatica é uma planta semi-aquática tropical cultivada como legume por seus brotos tenros e não se sabe de onde se originou. Esta planta é conhecida em inglês como espinafre aquático, espinafre de rio, ipomeia da água, convólvulo de água ou pelos nomes mais ambíguos espinafre chinês, agrião chinês, convólvulo chinês ou repolho do pântano ou kangkong no sudeste da Ásia e ong choy em cantonês.</p> <p>O espinafre aquático produzirá massas de brotos e folhas tenras, ricas em vitaminas e minerais, e terá um sabor adocicado agradável e uma textura ligeiramente escorregadia que contrasta bem com a crocância dos caules quando cozidos. As folhas e brotos podem ser usados ​​crus em saladas, cozidos no vapor ou fritos como o espinafre.</p> <p>Alimentação animal</p> <p>O espinafre aquático é dado ao gado como forragem verde com alto valor nutritivo - especialmente as folhas, pois são uma boa fonte de caroteno. Ele é usado para alimentar gado, porcos, peixes, patos e galinhas. Além disso, é mencionado que em quantidades limitadas, I. Aquatica pode ter um efeito um tanto laxante.</p> <p>Uso medicinal</p> <p>I. Aquatica é usado na medicina tradicional do Sudeste Asiático e na medicina tradicional de alguns países da África. Na medicina do sudeste asiático, é usado contra hemorróidas e hemorragias nasais, como anti-helmíntico e para tratar a hipertensão. Na Ayurveda, os extratos das folhas são usados ​​contra a icterícia e a debilidade nervosa. Na medicina indígena do Sri Lanka, o espinafre-d'água deve ter propriedades semelhantes às da insulina. Extratos aquosos de I. Aquatica mostraram um efeito hipoglicemiante em ratos Wistar. Um suco aquoso de 100g de material vegetal foi dado 30 minutos antes da ingestão de glicose para pacientes com diabetes 2. Após 2 horas, pode-se observar que o nível de pico de glicose no sangue foi reduzido em cerca de 30%.</p> <p>Além disso, compostos bioativos antioxidantes e substâncias antimicrobianas podem ser detectados no espinafre aquático. [53] Além disso, os extratos de plantas de espinafre aquático inibem o crescimento de células cancerosas das células Vero, Hep-2 e A-549, embora tenham atividade anticâncer moderada.</p> <p>Semeando e plantando:</p> <p>A semente pode ser embebida por 24 horas antes da semeadura para estimular a germinação. O requisito de temperatura do solo para germinação é de 20 ° C.</p> <p>Quando as chuvas são baixas, a irrigação pesada frequente é necessária para plantas de alta qualidade.</p> <p>Para produzir mudas fortes, as sementes devem ser semeadas com 5-10 mm de profundidade em bandejas com uma mistura de envasamento profunda o suficiente para permitir que as plantas desenvolvam um bom sistema radicular. O transplante deve ocorrer quando as plantas têm 10-15 cm de altura, com quatro folhas verdadeiras. Os maiores rendimentos são obtidos espaçando as plantas em 15x15cm. Eles também podem ser cultivados em fileiras com cerca de 30 cm de distância, com plantas com 20 cm de espaçamento entre as fileiras.</p> </body> </html>
P 472 IA
Sementes de espinafre-d'água (Ipomoea aquatica)
Semillas de Arroz Preto Royal Pearl

Semillas de Arroz Preto...

Preço 1,95 € (SKU: P 411 B)
,
5/ 5
<h2><span style="text-decoration:underline;"><strong><em>Semillas de Arroz Preto Royal Pearl</em></strong></span></h2> <h3><span style="color:#f40404;"><strong>Preço para o pacote de 20 sementes.</strong></span></h3> <p><span>Royal Pearl Arroz é um arroz aromático com um aroma de noz. O delicioso sabor e cheiro deste arroz é perfeito para todos os tipos de pratos, especialmente a cozinha asiática e tailandesa.</span></p> <p><span>O arroz (constituído por sete espécies, Oryza barthii, Oryza glaberrima, Oryza latifolia, Oryza longistaminata, Oryza punctata, Oryza rufipogon e Oryza sativa) é uma planta da família das gramíneas que alimenta mais da metade da população humana do mundo. É a terceira maior cultura cerealífera do mundo, apenas ultrapassada pelas de milho e trigo. É rico em hidratos de carbono.</span></p> <p><span>Para poder ser cultivado com sucesso, o arroz necessita de água em abundância, para manter a temperatura ambiente dentro de intervalos adequados, e, nos sistemas tradicionais, de mão-de-obra intensiva. Desenvolve-se bem mesmo em terrenos muito inclinados [carece de fontes] e é costume, nos países do sudeste asiático, encontrarem-se socalcos onde é cultivado. Em qualquer dos casos, a água mantém-se em constante movimento, embora circule a velocidade muito reduzida.</span></p> <p><strong><span>Origem</span></strong></p> <p><span>O arroz é uma das culturas mais importantes a serem domesticadas a nível mundial, sendo a Ásia (Oryza sativa L.), a África (Oryza glaberrima Steud) e a América (Oryza sp.) discutidas como os berço da domesticação.</span></p>
P 411 B
Semillas de Arroz Preto Royal Pearl
  • Em promoção!